Temperaturas acima de 35° no fim do mês… Litoral também aquece muito

Era mais que expectável que o fim do mês fosse muito quente, e que trouxesse as primeiras temperaturas mais próximas dos 40 graus do ano… Tal vem a confirmar-se, tal como a previsão já avançada de vento leste e calor no litoral

Um potente anticiclone segue-se, e força uma depressão a descer e isolar-se a oeste do continente, enquanto outra depressão a leste pode conseguir amenizar as coisas – ou não – e tal definirá se temos 30/35 graus, ou mais perto dos 40

Uma coisa é certa: Vai aquecer muito!

Publicidade

Fica assim a carta do modelo GFS, animada, que mostra precisamente o acima descrito… Continuem a ler para a previsão completa

 


Sexta, 28 de Maio: sol, calor, temperaturas entre 25 a 35 graus. Litoral começa a aquecer um pouco

Cartas com mínimas e máximas pelo modelo GFS



Sábado, 29 de Maio: Sol, calor. Temperaturas entre 30 a 35 graus em muitos locais. 

Existe a possibilidade de calor mais intenso (perto de 40°), mas para já apenas 2 modelos do principal leque o mostram

Fica precisamente a carta de um deles, GFS, detalhes a afinar


Domingo dia 30 e Segunda dia 31: calor também no litoral. Valores de temperatura ainda a definir. Vento leste. Existe alguma possibilidade de instabilidade

A situação está longe de estar definida, com forte incerteza. Ainda assim acredito pelo tipo de padrão atmosférico que o calor poderá reinar…

Litoral aquece bastante

O início de junho é incerto… Mas logo no final da primeira semana algo extremo, a nível de calor, pode desenvolver-se…

Fica a carta do modelo UKMO (Tipicamente melhor a 120h de distância)

Fica também por fim uma carta com a performance dos modelos meteorológicos recentemente, onde vemos uma quebra brutal no acerto dos mesmos (Continuem a ler para previsão para Junho)



JUNHO: Excepcionalmente quente

Junho será um mês com forte tendência para pelo menos 2/3 episódios de calor muito intensos, podendo também haver algum episódio excepcional, com temperaturas acima de 41/42°

Publicidade

Espera-se que haja a possibilidade de uma ou outra situação de trovoadas, embora não sejam muito frequentes nem prolongadas

O litoral deve ter um mês diferente dos últimos anos, com mais calor

O interior terá muito sol

Os Açores terão alguma instabilidade, com alguns períodos de aguaceiros. Tempo abafado…

Na Madeira sol e calor a maioria do tempo

EM ACOMPANHAMENTO: À data da escrita deste artigo há a probabilidade de surgimento de uma de calor muito intenso a partir de dia 4 de Junho. Tal deve-se ao seguimento do padrão que se instala no fim do mês, com um anticiclone estendido no Atlântico e Europa

A acompanhar…

 

Talvez lhe interesse...

Deixe uma resposta