pt Português
en Englishes Españolit Italianofr Françaissv Svenskada Danskde Deutschpt Portuguêspl Polskiro Românăsq Shqipam አማርኛar العربيةhy Հայերենaz Azərbaycan dilieu Euskarabe Беларуская моваbn বাংলাbs Bosanskibg Българскиca Catalàceb Cebuanony Chichewazh-CN 简体中文zh-TW 繁體中文co Corsuhr Hrvatskics Čeština‎nl Nederlandseo Esperantoet Eestitl Filipinofi Suomify Fryskgl Galegoaf Afrikaanska ქართულიel Ελληνικάgu ગુજરાતીht Kreyol ayisyenha Harshen Hausahaw Ōlelo Hawaiʻiiw עִבְרִיתhi हिन्दीhmn Hmonghu Magyaris Íslenskaig Igboid Bahasa Indonesiaga Gaeligeja 日本語jw Basa Jawakn ಕನ್ನಡkk Қазақ тіліkm ភាសាខ្មែរko 한국어ku كوردی‎ky Кыргызчаlo ພາສາລາວla Latinlv Latviešu valodalt Lietuvių kalbalb Lëtzebuergeschmk Македонски јазикmg Malagasyms Bahasa Melayuml മലയാളംmt Maltesemi Te Reo Māorimr मराठीmn Монголmy ဗမာစာne नेपालीno Norsk bokmålps پښتوfa فارسیpa ਪੰਜਾਬੀru Русскийsm Samoangd Gàidhligsr Српски језикst Sesothosn Shonasd سنڌيsi සිංහලsk Slovenčinasl Slovenščinaso Afsoomaalisu Basa Sundasw Kiswahilitg Тоҷикӣta தமிழ்te తెలుగుth ไทยtr Türkçeuk Українськаur اردوuz O‘zbekchavi Tiếng Việtcy Cymraegxh isiXhosayi יידישyo Yorùbázu Zulu

Tempo Severo Mediterrâneo – 11 de Setembro: Ciclone afeta intensamente Itália

Nas últimas horas observações de satélite permitem verificar a formação de um ciclone na Costa da Sardenha (Costa Oeste), que deverá cruzar esta mesma ilha ao longo das próximas horas (Madrugada de Sábado)

Ao longo do dia de Sábado irá organizar-se e poderá mesmo formar um ciclone com uma circulação definida, com características subtropicais\tropicais, com uma perturbação associada, que irá afetar o sul de Itália ao longo do dia

Espera-se essencialmente o risco de chuvas excessivas, mas também a possibilidade de granizo e ventos fortes

Esta situação afeta também o Norte da Tunísia assim como Norte da Líbia, sendo que na Tunísia o principal efeito deverá ser o vento, que poderá atingir 75km/h (Não se descartando também trovoadas localizadas com alguma intensidade…

Na Líbia espera-se a possibilidade de trovoadas, que podem conter granizo grande, chuva localmente forte e risco de fenómenos extremos de vento, como downbursts

Este ciclone irá depois emergir novamente a Leste de Itália e poderá evoluir para perto da Grécia (A analisar posteriormente)

Vemos na carta abaixo a previsão à superfície (carta MetOffice)


SINÓTICA E SATÉLITE ATUAL

Ciclone Larry a caminho da Terra Nova, com forte intensidade (Previsão AQUI ) permite uma intensificação do anticiclone na zona dos Açores e ao mesmo tempo o mergulho de uma depressão em altitude com cavamento à superfície a Oeste da Península Ibérica…

Uma crista de alta pressão surge na Europa Ocidental, enquanto a instabilidade é empurrada mais para leste e uma depressão isolada no Mediterrâneo tenta organizar-se num ciclone subtropical\tropical (Situação em análise neste artigo)

A imagem de satélite atual (18H UTC) mostra-nos um ciclone ainda pouco organizado, mas já com convecção ativa intensa


PREVISÃO

Espera-se durante a noite e início da manhã de dia 11 (Sábado) precipitação intensa na ilha de SARDENHA, movendo-se depois para o Sul de Itália, e sendo potencialmente intensa e persistente em algumas áreas…

Um ambiente com elevadíssimo conteúdo de água precipitável no Sueste Italiano deverá permitir precipitações excessivas localmente…

CAPE mais elevado desenvolve-se no Norte da Líbia, onde pode segundo a última análise IFS atingir 5000\6000 J\Kg…

Em ITÁLIA os modelos sugerem que a precipitação será muito significativa durante várias horas… A localização exata é incerta e alguns modelos como o GFS ou GEM ainda sugerem que não será tão significativa

No entanto dado que o DLS relativamente elevado previsto com a chegada do ciclone, e movimento lento das células o risco é extremamente elevado de cheias rápidas com precipitações que localmente podem superar os 300mm em 12h (100mm\hora)

No extremo Norte da LÍBIA há menos humidade e menos lift, pelo que a iniciação da convecção será mais difícil… Ainda assim, e a surgir, pode ser muito forte e propiciar fenómenos como donwbursts e saraiva grande, não descartando precipitação extrema… O LLS elevado assim como CAPE sugerem que o principal risco possa ser rajadas severas, no entanto dado o perfil vertical favorável com fortes updrafts\downdrafts

Na TUNÍSIA há risco ligeiro devido a rajadas até 75km/h associada ao ciclone

Na imagem vemos a simulação de satélite pelo modelo IFS assim como precipitação acumulada… Deixo ainda imagem com CAPE previsto onde vemos a instabilidade extrema prevista na Líbia (Não se traduz necessariamente em fenómenos extremos pois conforme já referido há outros fatores que podem inibir a convecção)


SIMULAÇÃO DE SATÉLITE


PRECIPITAÇÃO ACUMULADA


CAPE


Se considera as previsões\informações da Luso Meteo importantes, e lhe são úteis, e gostaria de ajudar com um donativo para a manutenção deste projeto pode fazê-lo através de

MBWay: 918260961

IBAN: PT50 0007 0000 0029 3216 7422 3

Muito obrigado!

Deixe uma resposta