Jet-stream: O que é, e porque é tão importante

Untitled 5

Praticamente todos as previsões meteorológicas este Verão, ou notícias sobre eventos extremos, têm mencionado a corrente de jato, e as suas perturbações\ondulações…

Para percebermos o que é o jet-stream, e como influencia o tempo temos de perceber que no fundo o jet-stream é basicamente a peça fundamental, pois é essa corrente que cria e “conduz” todas as peças do “puzzle” atmosférico…


O QUE É?

A corrente de jato é um núcleo de ventos entre os 10-14 kms de altitude, que sopram (habitualmente) de Oeste para Leste

Essa corrente afeta o tempo em muitas formas, uma delas é a forma como altera a circulação das tempestades, e dos anticiclones – uma corrente de jato mais “reta” e mais forte ajuda a que uma tempestade se mova mais rápido, e também podendo fortalecer a mesma, enquanto um jet-stream mais fraco torna o movimento das depressões mais errático, criando sistemas de alta pressão que afastam essas depressões

De uma forma geral no Verão a corrente de jato tende a ser mais fraca e no Inverno mais forte

Por vezes, especialmente quando ocorrem perturbações que alteram os ventos em altitude, a corrente de jato pode assumir uma direção Este-Oeste (É assim que se formam as “bestas de leste” no Inverno, com o frio Continental a chegar à Europa Ocidental, por exemplo)

gfs world ced ws250 mslp 1 day


COMO SE FORMA A CORRENTE DE JATO?

A corrente de jato forma-se devido às diferenças de temperatura entre as latitudes tropicais, subtropicais e polares

No Verão essa diferença de temperatura tende a ser menor (devido ao aquecimento nos pólos) e por isso é normal que a corrente de jato enfraqueça e suba em latitude

No nosso planeta o sol não aquece todos os locais de forma igual,, devido à incidência solar ser variável ao longo do ano, e de região para região… Assim nas zonas com ar mais quente o ar tende a subir em altitude, e nas zonas com ar mais frio o ar tende a afundar, e isto cria correntes, ou ventos… O jet-stream é um deste tipo de correntes… Podemos assim dizer que a corrente de jato é criada pela radiação solar, e também pela “força de Coriolis” ou seja a rotação do planeta no seu eixo

No Inverno a corrente de jato tende a ficar mais forte e mais baixa em latitude, afetando habitualmente Portugal e outros países do sul da Europa com chuvas e tempestades, por vezes

A corrente de jato é também responsável pelo calor no Verão, e recentes eventos têm sido ligados a essa mesma corrente

O calor extremo nos Estados Unidos, em que vimos um bloqueio “em Ómega” foi propiciado por uma corrente de jato a curvar para Norte no Pacífico Nordeste, erguendo uma crista anticiclónica, e depois a curvar para sul sobre o Nordeste dos Estados Unidos, formando efetivamente um “ómega” e uma cúpula de calor…

Isto deve-se ao simples facto de os sistemas atmosféricos, como anticiclones, estarem “isolados” da corrente de jato, e permanecerem estacionários

Polar jet streams and subtropical jet streams.


QUANTAS CORRENTES DE JATO EXISTEM?

[the_ad id=”6411″]

Existem 2 (4) correntes de jato: Polar e subtropical, para ambos os hemisférios

Estas correntes de jato podem mover-se em latitude, desposicionar-se temporariamente, quebrar, dividirem-se, podem mesmo unir-se (Corrente de jato polar com subtropical), mas no geral pode-se dizer que são estas as correntes dominantes no planeta

Existem no entanto outras correntes mais fracas e mais regionais, por vezes, como por exemplo correntes “de baixa altitude” que se formam por vezes devido ao arrefecimento noturno (Contrariamente às correntes de jato dominantes formam-se a 1500m de altitude, aproximadamente)… São comuns por exemplo nas planícies dos Estados Unidos da América

A corrente de jato subtropical existe em altitudes um pouco mais baixas que a polar (8-10kms para a subtropical e 10-14kms para a polar)

Jet stream defined: Flow of air dictates our forecast | RochesterFirst


ONDAS DE ROSSBY

Ondas de Rossby, ou ondas planetárias, são ondas de larga escala que existem em fluídos (E a atmosfera é um fluído…) e são responsáveis pelas oscilações da corrente de jato, ou melhor pelas suas ondulações

As ondas de Rossby são causadas pelas oscilações da rotação da terra, ou efeito de Coriolis, com a latitude

Por essa razão formam-se gigantes “meandros” que afetam as correntes de jato

Por exemplo por vezes acontece a corrente de jato “partir”, quando por exemplo uma porção da corrente mergulha para Sul, enquanto outra porção sobe… Isso habitualmente cria uma zona de frio em altitude (É assim que se formam as famosas cut-off de Verão, que provocam muitas vezes trovoadas)

gfs 5 156


EFEITOS DO OCEANO: ENSO (El Niño\La Niña)

El Níño é definido por água mais quente que o normal no Pacífico equatorial leste

La Niña é o oposto (água mais fria)

Nos próximos meses existe forte probabiliade de entrarmos em “La Niña”

CPC IRI Forecast July2021


De uma forma resumida em condições de El Niño temos uma corrente de jato tendencialmente mais a Sul, e um pouco mais fraca

Tendencialmente isso causa maior probabilidade de ondas de calor intenso, com maior probabilidade de sistemas “estacionários”, assim como episódios de chuva excessiva

Tipicamente a atividade tropical é mais reduzida no Atlântico devido a maior “wind-shear”, ventos divergentes…

Por outro lado há mais atividade, tipicamente, no Pacífico

[the_ad id=”6412″]

Em condições de La Niña a corrente de jato tipicamente circula mais a Norte, com tendência para mais atividade tropical, e Invernos mais chuvosos na Europa, pelo menos na Europa de Norte e Central

Em Portugal existe a tendência para, pelo menos estatisticamente, e nos últimos anos, os Invernos tenderem a ser mais secos devido a uma resposta de “feedback” do anticiclone dos Açores com uma dorsal africana resultante desse mesmo jet-stream

NWS JetStream - Weather Impacts of ENSO


VÓRTICE POLAR E JET-STREAM

O vórtice polar e a corrente de jato estão intrínsicamente ligados, sendo muitas vezes confundidos

O vórtice polar é uma zona de baixas pressões em altitude, contida nos pólos, e que existe sempre, mas está mais forte no Inverno e mais fraco no Verão

Normalmente não tem grande influência na corrente de jato, embora quando o vórtice está muito forte haja maior tendência para a corrente de jato polar ficar mais a Norte e menos ondulada, o que diminui chances de tempo extremo e frio em zonas menos habituais

No Inverno muitas vezes perturbações da troposfera expandem para a estratosfera e perturbam o vórtice polar que se desposiciona, ou mesmo quebra… Depois o oposto pode ocorrer, com a perturbação a expandir para a troposfera, e aí sim pode afetar a corrente de jato de forma mais significativa… Por vezes leva a alterações profundas como massas de ar frio a descerem para zonas pouco habituais, ou correntes de leste que transportam esse frio para zonas raras (as chamadas “bestas de leste” na Europa) em que ar siberiano é transportado para o centro\oeste Europeu

Polar vortex: What is the 2019 polar vortex weather event and is global warming to blame? - CBS News


Em jeito de resumo podemos dizer que a corrente de jato é uma das mais importantes componentes numa previsão meteorológica

Muitas vezes olhando apenas a uma carta com essa previsão conseguimos dizer como vai estar o tempo, aproximadamente, numa determinada região

IMPACTOS NA AVIAÇÃO

Visto que os aviões voam normalmente na mesma altitude em que as correntes de jato existem estas têm enorme impacto no planeamento de vôos, podendo às vezes evitar-se a corrente para evitar turbulência, ou por outro lado quando a corrente é favorável aproveitar para poupar combustível (E tempo!)

Uma viagem dos Estados Unidos para Portugal é tipicamente mais rápida que uma viagem em sentido oposto

Isto porque a corrente de jato circula de Oeste para Leste

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

Infelizmente as alterações climáticas estão a alterar drasticamente esta corrente de jato

Há indicação clara para maior desaceleração no Verão (pode estar ligado ao aquecimento do Ártico e menor gelo) o que pode levar a mais episódios extremos

E cada vez mais quebras do vórtice polar ocorrem nos Invernos, que levam a alterações profundas no jet-stream (O que aumenta a possibilidade de tempestades e frio extremo em locais pouco habituais), mas também bloqueios anticiclónicos mais intensos e secas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *