Previsão Médio Prazo: Tempo de verão chega a meio de Maio

ATUALIZAÇÃO: (Artigo atualizado com detalhes para o fim-de-semana 15 e 16 de Maio, pode ler a restante previsão abaixo)


Nos dias 15 e 16 de Maio chega o Verão com dúvida generalizada das temperaturas

As máximas atingem entre 22 a 32 graus na generalidade do território

Publicidade

É na região Sul que se sente mais calor, sendo que a Norte o tempo é um pouco mais fresco

Haverá também alguma nebulosidade ainda, mais a Norte, mas sem chuva

O vento deverá soprar ainda assim com alguma intensidade de norte, pelo que no litoral estará mais fresco…

Ficam cartas com previsão de temperaturas máximas para os dias 15 e 16 pelo modelo GFS


SÁBADO


DOMINGO


RESTO DO MÊS


Está com saudades do Verão? O verão está mesmo a chegar.. depois de alguns dias de tempo fresco e instável, ele deve chegar no meio do mês de Maio

É expectável que o padrão atmosférico previsto seja favorável à formação e posterior reforço de persistentes áreas de alta pressão que tendencialmente se posicionam sobre a Península Ibérica

Ao longo dos últimos 15 dias de Maio, e depois estendendo-se aos meses de Verão, teremos calor, com temperaturas por vezes já perto ou acima de 35 graus, sendo que inicialmente a Norte o calor será menos notório, com alguma presença de nuvens, no entanto à medida que se aproximam os últimos dias do mês o calor tende a surgir

Vejamos antes de mais, pelo modelo CMC/GEM, a evolução da previsão de anomalia de temperatura para os próximos 10 dias (10 a 20 Maio) – Fonte: Meteociel

 

 


A partir de dia 12: Ainda alguma chuva dia 12 a Norte e Centro, e até existe possibilidade de chuva intensa e com bom acumulado a Norte no dia 13, enquanto a sul no mesmo dia se começa a estabelecer o verão

Nas imagens abaixo podemos ver a evolução da frente de dia 13, conforme prevista pelo modelo ICON-EU, assim como a previsão de temperatura máxima pelo modelo ARPEGE



Entre dias 14 e 20

Chegada do calor. Temperaturas a subir, sendo que inicialmente nos dias 14 a 16 o tempo mais quente se faz sentir sobretudo a Sul, com o Norte a ter tempo mais fresco, dias 17/18 o tempo aquece um pouco por todo o lado e já parece Verão, e dias 19/20 pode refrescar um pouco novamente

É possível que possam ser registadas temperaturas perto de 35 graus, ou até acima, naqueles que serão os primeiros dias com tempo de Verão em 2021

A imagem de previsão de máximas para dia 18 de Maio pelo modelo GFS



Dias 21 a 31 de Maio

NOTA: A esta distância é mais difícil uma previsão detalhada, por isso deve-se sempre olhar a tendências e evolução provável, sempre com a consciência da maior margem de erro


Para o final de Maio tudo indica que um anticiclone se reforce sobre a América do Norte, com áreas de alta pressão a desenvolverem-se desde os Açores e estendendo-se em crista para as ilhas britânicas

A evolução favorece também a presença de alguma depressão isolada a oeste do Continente rapidamente “engolida” pelas altas pressões e a presença de massas de ar quente vindas de África a subirem para Norte, com vento inicialmente Norte mas depois com tendência para leste. Assim o calor pode chegar também ao litoral

No geral devem ser 10 dias quentes embora a Norte possa persistir alguma humidade… Probabilidade da formação de uma onda de calor entre 30 a 50%, isto analisando os principais modelos (determinísticos e conjuntos)

Pelo modelo CFS teremos neste período maior presença anticiclónica que o normal, conforme evidenciado na imagem abaixo


Junho: Provável tempo mais quente que o normal

A evolução atual parece ser no sentido de um junho semelhante ao ano de 2017, com presença de áreas de alta pressão e massas de ar quente

O padrão previsto a médio/longo prazo é realmente muito semelhante, sendo expectável que haja por vezes calor excepcional do litoral ao interior

Claro está que no litoral quando o anticiclone é forte podem surgir períodos de nortada… Mas ainda assim estou convencido que junho será quente, do litoral ao interior

Fica a previsão do modelo Europeu para o mês de junho (anomalia de temperatura prevista)


E nas ilhas?

Nos Açores o período entre 15 a 31 de Maio deve ser caracterizado por alternância entre presença forte anticiclónica e períodos de instabilidade, embora, de forma geral, seja um período caracterizado por temperaturas acima da média e pouca chuva (a cair pode ser forte, mas será geralmente pouco tempo)

Publicidade

Na Madeira este mesmo período será geralmente seco, e ameno… Geralmente com fluxo Norte, a tendência é para um ou outro dia de chuva fraca..

Destaco no entanto estas 2 possibilidades para as ilhas…

AÇORES: Possibilidade de alguma depressão com impactos ao nível de chuva e vento neste período, sendo, o período mais provável, a ocorrer, entre dias 17 e 23

MADEIRA: Chances de trovoadas entre dias 18 e 23, com a eventualidade de uma depressão isolada

Ambas estas situações não passam de probabilidades para já

Por fim, fica o mapa de anomalia de precipitação no Atlântico entre dias 22 a 31

Resta desejar a todos um ótimo resto de mês de Maio <3

Talvez lhe interesse...

1 Resposta

  1. Cila Nogueira diz:

    Obrigada pela previsao,sempre assertiva.Feliz mês de Maio,com saúde em segurança.

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: